atrações

Visite o Museu Van Gogh em Amsterdam

26 abr 2017

Sobre o Museu Van Gogh

O museu Van Gogh, em Amsterdam, foi inaugurado em 1973 e reúne a maior coleção de obras do artista e de seus contemporâneos. O acervo possui também uma grande coleção de obras de outros artistas impressionistas e pós-impressionistas do século XIX, como os franceses Paul Gauguin e Henri Toulouse-Lautrec, amigos pessoais de Van Gogh.  É composto por mais de 200 pinturas, 500 desenhos do artista e 750 documentos escritos, além de uma coleção de gravuras japonesas que pertencia ao artista.

O Museu é de alta qualidade, organização impecável com alto padrão das pesquisas sobre sua vida e sua obra. Hoje ele atrai mais de 1 milhão de visitantes por ano.

Ele ocupa dois edifícios na  Museumplein,  desenhados e projetado pelo arquiteto holandês Gerrit Rietveld. É lindo, todo de vidro e fica em frente a um gramado onde muitas pessoas aproveitam os dias de sol para ficarem deitadas ou fazendo piquenique.

Ao entrar, tem uma escada que desce para o primeiro piso do museu. Ali também se encontra o guarda-volumes, onde você deve deixar sua mochila, caso esteja com uma, ou bolsas e casacos, se quiserem passear pelo museu sem tanto peso.

Eu curti muito o ambiente e adorei ler todas as informações escritas em cada salão, contando um pouco da vida pessoal e profissional desse artista, além das obras, claro, que são incríveis.

Na lojinha do museu é possível comprar souvenires com estampa de algumas pinturas de Van Gogh, de lápis a roupas, e também alguns dos quadros para serem emoldurados.

museu Van Gogh em Amsterdam museu Van Gogh em Amsterdam   museu Van Gogh em Amsterdam
museu Van Gogh em Amsterdam

Guarda-volumes

Quem foi Vincent Van Gogh

Van Gogh nasceu em 30 de março de 1853, em Groot-Zundert, Holanda. Era o  mais velho dos seis filhos de Theodorus Van Gogh, um pastor local, e Anna Cornelia Carbentus, uma artista que transferiu seu amor pela aquarela ao seu primogênito. Foi educado de forma rígida e tornou-se uma criança quieta e de poucos amigos. Sua única grande ligação era com o irmão mais novo, Theo,  único e melhor amigo.

Em vida,  Van Gogh não teve fama, nem riqueza. Passou fome, frio, foi ignorado pela crítica. Tinha apenas o apoio do seu irmão, Theo, com quem trocava muitas cartas.

Seu estado psicológico se refletia em suas obras.  Ele chegou a ser internado em uma clínica psiquiátrica. Em uma de suas crises, Van Gogh cortou a própria orelha direita com uma lâmina de barbear. Existem algumas especulações sobre o motivo que o levou a fazer isso:

  • alguns biógrafos da vida do artista afirmam que o ato foi uma vingança contra sua amante Virginie, depois que ele descobriu que ela estava a apaixonada pelo artista Paul Gauguin. De acordo com esta versão, Van Gogh teria enviado a orelha ensanguentada para a amante;
  • outra especulação é que ele teria brigado com Gauguin, amigo e parceiro de trabalho;
  • e a mais recente  é que ele cortou a orelha após receber uma carta informando sobre o casamento de seu irmão, seu melhor amigo e de quem ele dependia, inclusive financeiramente.

 

Sua situação depressiva não regrediu. No dia 27 de julho de 1890, atirou em seu próprio peito, foi levado para o hospital, mas morreu três dias depois.

Seja qual for o motivo dessas loucuras, Van Gogh influenciou a arte do século XX e deixou sua marca em várias gerações e, após sua morte, foi reconhecido como gênio.

Hoje, Van Gogh é considerado o maior pintor holandês depois de Rembrandt. Muitas  de suas pinturas estão entre as mais caras do mundo.

 

Principais obras de Van Gogh

  • Os comedores de batatas (1885)
  • Caveira com cigarro acesso (1886)
  •  A ponte Debaixo de Chuva (1887)
  • Natureza morta com absinto (1887)
  • A italiana (1887)
  • A vinha encarnada (1888)
  • A casa amarela (1888)
  • Autorretrato como artista (1888)
  • O terraço do café em Arles à noite (1888)
  • Retrato do Dr. Gachet (1890)
  • Girassóis (1888)
  • Campo de trigo com corvos (1890)
  • Vista de Arles com Lírios (1889)
  • Noite Estrelada (1889)
  • O Escolar (1889)
  • O velho moinho (1888)
  • Oliveiras (1889)
  • Autorretrato com orelha enfaixada (1889)
  • Vista de Arles, Pomar em flor (1889)
  • A Igreja de Auvers (1890)

 

museu Van Gogh em Amsterdam

Quarto em Arles, 1888. Vincent van Gogh [Public domain], via Wikimedia Commons

museu Van Gogh em Amsterdam

A Noite Estrelada, junho de 1889. Vincent van Gogh [Public domain], via Wikimedia Commons

museu Van Gogh em Amsterdam

Informações sobre o Museu Van Gogh

Horários de funcionamento

23 de março a 13 de julho: Sáb-Qui | 09h às 18h e Sex | 09h às 22h.
14 de julho a 03 de setembro: Dom-Qui | 09h às 19h;  Sex | 09h às 22h e Sáb | 09h às 21h
04 de setembro a 05 de novembro: Sáb-Qui | 09h às 18h e Sex | 09h às 22h
01 de janeiro: a partir das 11h
Todos os outros dias: Sáb-Qui | 09h às 17h e Sex | 09h às 22h.

Obs: Última entrada 30min antes do horário de encerramento.

A visita ao museum dura aproximadamente 75 minutos e o melhor horário pra visita é de 09h às 11h ou depois das 15h, quando o museu está mais vazio.

Localização

Museu Van Gogh
Museumplein 6
1071 DJ Amesterdão
Site: https://www.rijksmuseum.nl

Como chegar ao Museu Van Gogh

A partir da Estação Amsterdam Centraal

  • Tram 2, direção Nieuw Sloten, parada Van Baerlestraat
  • Tram 5, direção Amstelveen Binnenhof, parada Van Baerlestraat
  • Bus 170, direção Uithoorn, Amstelplein, parada Rijksmuseum or Museumplein
  • Bus 172, direção Kudelstaart, parada Rijksmuseum or Museumplein

A partir da estação Amsterdam Sloterdijk:

  • Tram 12, direção Amsterdam Amstel, parada Museumplein

A partir da estação Amsterdam Amstel:

  • Tram 12, direção Station Sloterdijk, parada Museumplein

A partir da estação Amsterdam Zuid WTC:

  • Tram 5, direção Amsterdam Central Station, parada Van Baerlestraat

Dicas Despachadas

Trace suas rotas em Amsterdam através desse link.

Preço dos ingressos

Economize tempo e compre ingressos online para acesso rápido na data e hora reservadas.

  • Adultos, só entrada: € 17 | Compre aqui*
  • Museu Van Gogh + Cruzeiro pelos canais: € 27  | Compre aqui*
  • Museu Van Gogh com guia brasileiro: € 45 | Compre aqui*
  • Adultos, entrada incluindo guia multimídia: € 22 | Compre aqui
  • Crianças 0-17 anos: grátis

(*) Comprando através desses links, o blog ganha uma pequena comissão, mas vocês não pagam nada a mais por isso! Apenas ajuda o blog a se manter sempre atualizado para te ajudar com novas dicas nas suas próximas viagens! Obrigada! 🙂

 

:: Visitamos o Museu Van Gogh  à convite do museu, porém as opiniões escritas aqui são pessoais.

[Quer receber mais dicas de viagem?]

Curta nossa página no Facebook
Siga o nosso perfil no  Instagram, no Pinterest e no Bloglovin
Assine o blog

 


Está sem tempo para pesquisar e montar a sua viagem? Entre em contato, que preparamos um Roteiro Personalizado pra você!

 RESERVE SUA VIAGEM USANDO NOSSOS LINKS PARCEIROS E AJUDE O BLOG 

Onde dormirReserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opção de cancelamento gratuito e sem pagamento antecipado!

Onde alugar carroPrecisa alugar um carro? Na RentCars  a cobrança é feita em reais, sem IOF e em até 12x sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.

Onde comprar ingressosGaranta sua entrada antecipada nas atrações e evite filas! O TicketBar oferece ingressos para as atrações, tours, passeios de bike, barcos e muitas outras opções! 

Seguro viagemE não esqueça do seguro viagem. Na  Seguros Promo o pagamento pode ser  em até 6x sem juros no cartão ou com desconto de 5% no boleto. 

Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

Marianne Rangel

por Marianne Rangel

Meio carioca, meio niteroiense, é apaixonada por viagens, mapas e pôr do sol. Jornalista de formação, largou seu emprego estável onde trabalhava para viajar, e foi viver a vida incerta de travel blogger. Hoje viaja para trabalhar, e é muito mais feliz!

12 Comments

Lucas

Adorei o post! A maneira que escreveu e mostrou a arte estão incríveis. Parabéns!! Holanda já virou urgência.

responder
Alessandra

Adorei o post. Super informativo. Van Gogh é um dos grandes nomes da arte mundial. A visita ao museu vale demais. Até chorei ao ver algumas das famosas obras expostas lá! Demais, né?!

responder
Mirella

Esse museu é realmente incrível!
Como eu adoro exposições de um artista só, eu me deleitei!
Adorei as dicas 🙂

responder
Poliana Fabíula Cardozo

O Museu Van Gogh é realmente um baita museu. Eu amei sobretudo a forma como o acervo é interpretado a partir de recursos tecnológicos que vão muito além da exposição das obras em si. Parabéns pelo post e obrigada por me fazer recordar dessa visita incrível.

responder
Analuiza (Espiando Pelo Mundo)

Para quem gosta do artista o museu é de fato imperdível. Gastei muitas horas perdida em meio às suas obras e se um dia voltar à AMS visito novamente.

Muito bom você falar sobre a vida conturbada do artista: ajuda a entender e apreciar ainda mais sua obra. 🙂

responder
Makenna

Nossa, que post informativo.
Tenho pouco conhecimento sobre obras de arte e leituras como essa, despertam meu desejo de conhecer um pouco mais.
AMS é um dos meus sonhos de criança que quero realizar em breve!
Abraços.

responder
Viajante Comum

Sou apaixonada pelo quarto de Van Gogh, uma obra muito marcante pra mim! Infelizmente não tive tempo para ir ao museu mas está totalmente na minha lista! Adorei o post!

responder
Carolina Belo

Oi Marianne. Eu já tive a oportunidade de visitar esse museu e adorei reviver esse momento com o seu texto. Parabéns pelo post!!!
Abraços,
Carolina

responder
Leo Vidal

Uma ótima dica para quem não conseguir comprar online é comprar o ingresso no quiosque na Museumplein para algumas horas depois, aproveitar as atrações da praça e depois visitar o museu sem enfrentar grandes filas.

responder
Flavia

Que demais esse museu! Sou apaixonada pelas obras dele. Acho interessante fazer uma dobradinha de artista e visitar Giverny para mergulhar no universo de Monet. Dois artistas apaixonantes!

responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *