atrações

Turquia

A caminho de Istambul

18 ago 2011
Passeio de Barco no Bósforo
12 horas em um ônibus com Wi-fi é mole!!! Quero ver fazer 12 horas de ônibus sem internet! Estávamos muito mal acostumadas com essa tecnologia toda nos transportes Europeus quando nos deparamos com essa situação desesperadora!  A viagem Capadócia-Istambul foi depressiva. Ainda bem que existe o Dramin pra fazer a gente dormir! Sem facebook e sem WhatsApp pra animar a nossa noite!

Chegamos e fomos direto pro Cheers hostel, nossa “casa” em Istambul. Pegamos o único quarto com ar condicionado! Apesar de o albergue ser bom e com uma ótima localização, não recomendamos pois o dono é um estúpido. Por coincidência encontramos uma galera conhecida do RJ e fomos juntos fazer o passeio de barco pelo estreito de  Bósforo,  que liga o Mar de Mármara ao Mar Negro e marca o limite dos continentes asiático e europeu na Turquia, e depois no Blue Mosque.
Para comemorar o aniversário da Karen, fizemos uma night na boate Reina. Não estava muito cheia, pois era domingo, mas com 12 pessoas animadas não tinha como ser ruim.  Nos divertimos muito e a Karen teve seu primeiro e inesquecível niver na Europa!!! 

O dia seguinte foi destinado às comprinhas. Fomos para Nisantasi, um bairro legal com muitas lojinhas, onde gastamos todas as nossas estalecas. E depois passamos pela Istiklal Cadessi, um rua bem agitada, com vários pubs e lojas famosas.

Istambul é bem diferente do que pensávamos. Achávamos que era igual ao Marrakech, mas é uma cidade grande e moderna e o que mais se assemelha ao Marrocos é o trânsito caótico e a insistência, principalmente dos homens turcos, em querer saber de onde somos e fazer a gente entrar nos restaurantes e lojas.


O Grand Bazaar foi um pouco decepcionante, pois várias lojas não queriam barganhar nada. Falavam o preço e não queriam mais conversa. Sempre ouvimos falar que os turcos gostam de negociar tudo. Só conseguimos fazer isso nas lojinhas de lenços e, por isso, nossas estalecas foram quase todas em lenços turcos! A maioria das lojas era de jóia  e nós não estávamos muito interessadas nisso. Tinha uma parte também bem esquisita, com umas roupas estilo Gang. Mas enfim, não tem como ir em Istambul e não visitar o Grand Bazaar. Tem uma infinidade de lenços lindos e umas lembrancinhas bem legais.  Vale a pena conhecer!


O último dia foi bem tenso. Saimos cedo do albergue para conhecer as coisas que faltavam. Fomos na Hagia Sofia, No Palácio Topkapi e na Cisterna Subterrânea Yerebatan. Combinamos com o Shuttle 13h no albergue para nos levar para o aeroporto. 12:53 estávamos todas lá e o dono do albergue e o motorista do Shuttle estavam fazendo escândalo dizendo que estávamos atrasadas. Discutimos com eles e às 13h em ponto estávamos dentro do Shuttle. O motorista era tão alucinado que dirigia igual a um louco, a ponto de uns turistas velhinhos que estavam dentro do shuttle baterem palma por termos chegado vivos no aeroporto. Chegando lá, discutimos novamente com o motorista que, sem o menor cuidado jogou a minha mala no chão e quase nos embolamos no tapa. Debz chamou ele de turco imundo, fedorento, idiota e etc, mas o que mais ofendeu foi ter chamado de turco, porque ele ficava repetindo: Eu não sou turco, sou da Hungria, e ficou encarando a gente com a mão levantada como se fosse nos bater! hahaha


Depois dessa discussão toda e de quase termos chamado a polícia, entramos no aeroporto e… “cadê minha mochila???” Debz deixou a mochila no albergue, com passaporte, roupas e o mais importante… a maquiagem! hehe! Ela e Pric voltaram correndo de taxi enquanto eu e Karen resolvíamos o check in e implorávamos pro cara do guichê esperar as meninas. Como todo Europeu…” Sorry I can’t help you!” Mas no final tudo deu certo e as meninas chegaram 7 minutos antes do Check in fechar! Ufa! 


Até o vôo foi tenso. Por alguns minutos achei que o motorista do Shuffle tinha assumido o controle do avião. Pra finalizar o dia com chave de ouro… chegamos em Corfu e… Cadê a mala da Debz???? Deixaram em Istambul!!! É muita Suerte pra um dia só!


Está sem tempo para pesquisar e montar a sua viagem? Entre em contato, que preparamos um Roteiro Personalizado pra você!

 RESERVE SUA VIAGEM USANDO NOSSOS LINKS PARCEIROS E AJUDE O BLOG 

Onde dormirReserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opção de cancelamento gratuito e sem pagamento antecipado!

Onde alugar carroPrecisa alugar um carro? Na RentCars  a cobrança é feita em reais, sem IOF e em até 12x sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.

Onde comprar ingressosGaranta sua entrada antecipada nas atrações e evite filas! O TicketBar oferece ingressos para as atrações, tours, passeios de bike, barcos e muitas outras opções! 

Seguro viagemE não esqueça do seguro viagem. Na  Seguros Promo o pagamento pode ser  em até 6x sem juros no cartão ou com desconto de 5% no boleto. 

Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigada! =)

Marianne Rangel

por Marianne Rangel

Meio carioca, meio niteroiense, é apaixonada por viagens, mapas e pôr do sol. Jornalista de formação, largou seu emprego estável onde trabalhava para viajar, e foi viver a vida incerta de travel blogger. Hoje viaja para trabalhar, e é muito mais feliz!

5 Comments

Anonymous

meninas qto aventura!! parecia estar lendo episodia Diana Jones!!! fotos ótimas, vcs lindas e maravilhosas! nanne ve se não “briga” mto por ai rsrrsrs ti amu mami

responder
Cinthia Lopes

Meninas… qta aventura… assim é bom que tem bastante história para contar e dá uma movimentada na viagem.rs
Queremos mais posts!!!
Beijo Grande

responder
lucelena

e não parou por aí… a Debz acaba de perder – adivinhem o q desta vez? – o vôo de Londres para o RJ!!! impressionante essa minha filha! sendo assim, a 'centrada Deborah' retornará somente amanhã, com escala em SP, acompanhada de sua fiel escudeira, a senhorita Pric, rsrsrsrsrsrs.
Mari, seu relato é quase assustador de tão real, hehehehehehehe, chamar um turco de 'turco' é o bastante pra ser apedrejada, hehehe; pelo jeito, chamar um húngaro de 'turco' dá direito a uma surra, haUAHuahUAHuh.

responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *